quarta-feira, janeiro 30, 2008

Luto Nacional

Artigo publicado no momento da demissão do Ministro da Saúde, Correia de Campos
Com a devida vénia ao Diário de Aveiro
Propomos «Luto Nacional» por todos aqueles que em Portugal têm falecido por falta de assistência médica devida. Um dia seria pouco, para manifestar a revolta pela morte de tantos, que nos têm deixado nestas condições. O Serviço Nacional de Saúde (SNS) é neste momento uma fraude, e não podemos compreender como é possível que o Ministro da Saúde, Correia de Campos, ainda continue a exercer funções, numa altura em que se verifica diariamente que o modelo de reestruturação da saúde e da rede de urgências, se tornou num erro fatal.

O governo de José Sócrates, tem vindo a desgovernar Portugal a vários níveis, mas neste momento, o que mais nos preocupa é o sector da saúde e a leviandade e displicência com que este governo tem vindo a adiar uma tomada de posição, para a alteração dos planos ineficientes adoptados, que colocam diariamente em risco a vida de todos os portugueses. Esta semana, em declarações prestadas à SIC Notícias, o próprio Manuel Alegre se demonstrou discordante das medidas que estão a ser adoptadas pelo seu companheiro de partido, Correia de Campos, que como afirmo, defraudam a defesa da própria «bandeira da saúde», que o partido Socialista sempre incrementou ao longo da sua história política em Portugal.

O Partido da Liberdade – PL, ainda que seja um partido em construção, estando já na rua a proceder à recolha das 7500 assinaturas necessárias para a constituição de um novo partido, está atento às críticas que os cidadãos não poupam a este governo, e constata a revolta instalada nos portugueses, gerada pelo descontentamento dos encerramentos dos serviços de urgências um pouco por todo o país. O distrito de Aveiro, tem vindo a ser um dos mais penalizados, e os encerramentos dos serviços de urgências, entre outros, os de Anadia, Santa Maria da Feira e Sever do Vouga não têm passado despercebidos nas contestações da população.

O «direito à vida» é para nós um bem inalienável, e é constante da lista das prioridades de orçamento de estado, em qualquer que seja o enquadramento político existente. Não é pois para nós plausível, que em pleno século XXI se regrida em termos de direito à saúde, sacrificando «vidas».

É assim condenável que este governo se vanglorie da baixa do défice público, que como todos sabemos se constatou à custa da subida dos impostos que afectam todos os cidadãos, e não pela optimização dos recursos do estado, e que em contrapartida, sem qualquer escrúpulos, os cortes nas despesas venham a incidir precisamente nos cuidados primários da população, encerrando serviços médicos essenciais, como maternidades, serviços hospitalares em geral, e serviços de urgências em centros de saúde e hospitais em particular. E é ainda mais condenável que se operem alterações sem em primeiro lugar se estudarem alternativas possíveis de assistência e transportes adequados.

Consideramos que políticas como as que estão a ser seguidas por este Ministério da Saúde, são políticas criminosas por atentado à vida humana, e solicitamos a imediata demissão do ministro Correia de Campos.


Continuar a pactuar com este governo de José Sócrates, que vive consecutivamente em «folclore político», imbuído no espírito da ganância de poderes internacionais, e longe das realidades das pessoas, é continuar a desrespeitar Portugal e a desconsiderar a dignidade dos portugueses. É urgente sair para a rua, junto a cada serviço encerrado, perto de todos os que perderam entes queridos, e não poupar as vozes de protesto, até que se operem as mudanças necessárias no SNS desta vergonha nacional.
Susana Barbosa
1ª Signatária do Partido da Liberdade
(artigo publicado na edição de hoje do Diário de Aveiro)

3 Comments:

At 10:21 da manhã, Blogger sonia r. said...

Se fosse só por isso...

 
At 1:05 da tarde, Blogger isabel mendes ferreira said...

eu voto no PL...voto em ti. sempre.


na tua lucidez. na tua entrega.


na tua verticalidade.


_____________

beijo.

 
At 2:35 da tarde, Blogger A.N.(A.) said...

http://nacionalistaslivres.blogspot.com/2008/02/estes-so-camaradas-nossos-neles-nos.html

 

Enviar um comentário

<< Home