sexta-feira, maio 25, 2007

«Uma Nova Direita por Aveiro»

Moção de Estratégia para o Círculo Eleitoral de Aveiro
A Moção de Estratégia para o Círculo Eleitoral de Aveiro, «Uma Nova Direita por Aveiro», apresentada por Susana Barbosa foi aprovada por unanimidade no passado domingo no 1º Congresso Distrital de Aveiro. Esta moção já foi integralmente publicada pelo Diário de Aveiro e pelo Democracia Liberal
Introdução
Desde a fundação do Partido da Nova Democracia (PND), que o Círculo Eleitoral de Aveiro mantém uma posição de intervenção e de implantação, que se destaca a nível nacional de forma inequívoca.
Logo após o Congresso Fundador do PND em 8 e 9 de Novembro de 2003, em Vila Nova de Famalicão, o Círculo Eleitoral de Aveiro iniciou um percurso junto dos militantes então inscritos, fazendo reuniões em vários concelhos do distrito como Águeda, Aveiro, Arouca, Espinho, Oliveira de Azeméis e Santa Maria da Feira, e o trabalho no terreno cedo nos levou a perceber que um partido estruturado sem a existência de Círculo Eleitorais seria um erro e resultaria num projecto infrutífero.
Assim, Aveiro bateu-se desde cedo junto dos órgãos competentes para conseguir a alteração dos Estatutos do PND, no sentido de serem criados os Círculos Eleitorais como órgãos oficiais do partido, o que veio a acontecer formalmente no II Congresso Nacional de 16 e 17 de Abril de 2005, realizado na cidade de Aveiro, com a aprovação de uma proposta de alteração aos Estatutos do PND.
Ainda assim, a alteração verificada era insuficiente dado não especificar normas para a organização das concelhias e das freguesias e mais uma vez o Círculo de Aveiro fez sentir essa necessidade, conseguindo no último Conselho Geral do PND realizado em Braga, ver aprovado um Regulamento Geral sobre o Funcionamento do Partido da Nova Democracia, onde foi introduzido um Capítulo dedicado aos Órgãos dos Círculos Eleitorais que já prevê o normal funcionamento e atribuição de competências a estes Órgãos, a nível das Distritais, das Concelhias e das freguesias.
O Círculo de Aveiro tem demonstrado motivação e empenho para fazer crescer o PND e para demonstrar caminhos coerentes numa dinâmica que se pretende organizada e atenta às bases do partido. A criação do Círculo da Juventude, foi também desde a fundação do PND uma ambição do Círculo Eleitoral de Aveiro e uma conquista recentemente formalizada com a realização do I Congresso Nacional das Novas Gerações, que ocorreu no passado mês de Abril na cidade do Porto, e com a recente nomeação do nosso Coordenador Distrital da Juventude, Rui Pires da Silva, que também faz parte da Direcção Nacional das NG.
O crescimento do número de militantes e simpatizantes do PND no distrito de Aveiro, tem sido uma constatação. Como fruto do nosso trabalho, empenho e vontade surgiram duas sedes no nosso distrito. Em Maio do ano passado, inaugurámos a sede do Lobão em Santa Maria da Feira, e no passado dia 22 de Abril inaugurámos na cidade de Aveiro a Sede Distrital do PND.
Entendemos que as Sedes representam a materialização de um caminho percorrido, traduzido por uma conjugação de esforços de um número já significativo de militantes, espelhando o seu trabalho e a sua vontade. Uma sede é sempre um ponto de organização e encontro para a projecção do nosso partido na sociedade, quer através de acções dentro do próprio espaço, quer através da dinâmica que a mesma permite para reunir, estudar e planear as nossas estratégias dentro e fora de portas, e as acções concretas no terreno.
O Círculo de Aveiro tem sido um pilar do PND na afirmação de valores, como um partido de liberdade e justiça aberto à sociedade, nas mais variadas formas do seu entendimento, quer através de acções de rua na intervenção política, quer através de jantares e convívios com os seus militantes e simpatizantes, quer através de conferências e debates já realizados e ainda através da comunicação social pela divulgação das nossas e acções, e publicação assídua de artigos de opinião.
Um Caminho a percorrer
Apesar da nossa satisfação pelo caminho percorrido, temos consciência e humildade para reconhecer que estamos ainda no início, e que um longo caminho nos espera para conseguirmos alcançar os objectivos a que nos propomos.
Mas, este caminho é tão duro quanto fascinante, e sempre que obtemos mais uma conquista o nosso ânimo é reforçado, e felizmente não nos têm faltado estímulos que nos motivam, e que não nos permitem que deixemos de lutar pelo projecto que nos une.
A Implantação
Se muito trabalho já foi feito, muito mais ainda teremos de fazer. A conquista de novos militantes terá de ser para todos nós uma preocupação diária, e se hoje já chegámos ao objectivo de ultrapassar os 200 militantes, e por este facto aqui vamos eleger mais 10 Delegados do distrito de Aveiro ao Conselho Geral do PND, até 2009 teremos como objectivo conseguir passar os 1500 militantes, para chegarmos aos 20 Delegados distritais. A Implantação é pois a nossa maior preocupação, ela traduz em si mesma o reflexo do nosso trabalho e a divulgação positiva do PND. Não podemos descansar, enquanto não tivermos nos nossos ficheiros, pelo menos um número de telefone activo em cada freguesia!
Os Objectivos Políticos
A partir de hoje, os nossos objectivos concentram-se em 2009. Um partido político existe para defender um caminho. Um caminho para todos os que acreditam na sua ideologia. Mas um partido político não pode colocar em prática as suas ideias e os seus princípios, se não conseguir alcançar o poder. Assim sendo, tudo faremos para termos eleitos pelo distrito de Aveiro nas próximas eleições. E defendemos eleitos a todos os níveis políticos, nas Juntas de Freguesia, nas Câmaras Municipais e respectivas Assembleias e ao mais alto nível, na Assembleia da República e no Parlamento Europeu.
Teremos pois, mais do que dar continuidade ao que já conseguimos, iniciar uma caminhada concreta com objectivos concretos, no sentido de apurarmos o quanto antes os locais onde temos mais possibilidades de concorrer e formar listas. O trabalho das concelhias será fundamental nesta acção. É urgente que os nossos representantes e coordenadores concelhios se activem neste sentido, criando para isso estímulos e divulgação do PND a nível local junto das populações e junto da comunicação social regional.
A nível da lista distrital para as Eleições Legislativas de 2009, teremos como objectivo trabalhar para consolidar uma lista o mais digna possível na representação do nosso distrito. Dispomos desde já da primazia do Cabeça de Lista ao nosso Presidente do Partido Dr. Manuel Monteiro, e trabalharemos para sermos o distrito do PND que mais condições possa reunir para ser merecedor desta valia. Todavia, se esse propósito pelas mais legítimas razões não for na devida altura contemplado, estamos certos de que trabalhando nesse objectivo, não nos será difícil encontrar no nosso próprio distrito um Cabeça de Lista digno, influente, de notoriedade e com coragem para defender os interesses de Aveiro na Assembleia da República.
As Bandeiras Políticas
O PND-Aveiro será fiel ao rumo traçado no II Congresso Nacional que se realizou precisamente na cidade de Aveiro, onde nos assumimos como um partido da não esquerda socialista, e respeitará o Programa de Acção Política aprovado no III e último Congresso Nacional realizado em Novembro passado em Lisboa.
A par das propostas de acção que nos serão indicadas pela Direcção Nacional do PND, a nossa linha distrital terá contemplações próprias às nossas realidades especificas em função dos pontos fortes e pontos fracos do nosso distrito e de cada um dos nossos concelhos em particular.
Destacamos assim, as áreas que nos merecem desde já especial atenção na nossa linha de acção política distrital:
- A defesa e retoma dos direitos à Saúde e especificamente a luta pelo “não encerramento” dos Centro de Saúde e das Especialidades Hospitalares dos nossos Hospitais.
- A defesa do Ambiente enquanto um todo na defesa da própria Natureza, da qualidade de vida das nossas populações e na qualidade de vida dos animais, consubstanciando mesmo as nossas ideias pela importância dos problemas actuais, no apoio a um Círculo Distrital de acção para o efeito.
- O caos da Economia a que chegámos, o flagelo do Desemprego no nosso distrito, a luta pela baixa generalizada dos impostos e pelo desendividamento das famílias.
- A crescente onda de Corrupção e Crime que se faz sentir de norte a sul de Aveiro.
- Que Futuro para os nossos jovens face à actual conjuntura do país.
Conclusões
Como um partido de Direita que nos orgulhamos de ser, queremos mais do que isso, representar para Aveiro uma “Nova Direita”, uma alternativa verdadeira aos sistemas instituídos e viciados, uma Direita genuína, uma direita ideológica com princípios e valores, atenta às preocupações reais da população, não enjaulada no interesse de elites sociais e próxima portanto, das nossas raízes e das nossas bases.
Temos confiança de que hoje mais do que nunca, Aveiro precisa de nós. Aveiro que pela sua história nos deu exemplos honrosos de luta pela sua afirmação a nível nacional, e exemplos de conquista de justiça e de liberdade, não pode hoje continuar a ser um distrito de 3º plano, perdendo todos os dias peso económico e peso político.
Não podemos continuar a entregar Aveiro a Srs. que por cá aparecem nos eventos importantes da região, ou nas vésperas de eleições, apenas para satisfação egocêntrica de interesses pessoais e na pura procura oportunista da caça aos votos.
Aveiro merece melhor. Queremos demonstrar que nos interessamos por Aveiro todos os meses, todas as semanas, todos os dias. Queremos ser uma força viva da cidade e do distrito e lutar para sairmos deste marasmo em que nos encontramos, onde impera a vergonha do que somos e do que não conseguimos atingir. Queremos ajudar os aveirenses a recuperar a sua dignidade e estamos certos de que ajudaremos a construir um futuro melhor.
Pelo PND. Por Aveiro. Por PORTUGAL!

2 Comments:

At 6:53 da manhã, Anonymous Anónimo said...

contigo certamente terá o melhor...:))))))))))))))


Força Su.


e aquele beijo.





(piano)

 
At 10:41 da manhã, Blogger Opintas/Bernardo Kolbl said...

Passei para desejar um bom fim de semana.

 

Enviar um comentário

<< Home