sexta-feira, outubro 06, 2006

Sentidos Inconscientes

Nada consola mais o autor de um romance do que descobrir as leituras nas quais não havia pensado e que lhe são sugeridas pelos leitores... Não digo que o autor não possa descobrir uma leitura que lhe pareça aberrante, mas em todos os casos deveria calar-se: que os outros a contestem, texto em punho. De resto, a grande maioria dos leitores faz-nos descobrir efeitos de sentidos nos quais não havíamos pensado. Mas o que significa o facto de não termos pensado naquilo?
Umberto Eco
in Apostilha ao «Nome da Rosa»

3 Comments:

At 10:44 da manhã, Blogger pintoribeiro said...

Bom dia Susana, bjinho.

 
At 11:20 da manhã, Blogger Parrot said...

Olá Susana,

Significa, que muitas vezes, o "sentir" de quem escreve, não cria os mesmos sentimentos a quem lê. Significa que o acto de escrever, antes de tudo, é uma relação do escritor com ele mesmo....e é por isso que um livro é um "mundo"....para nós que gostamos de ler. :)

Bom dia

PS - Gostei muito do teu blog, e agradeço a visita que me fez.

 
At 3:46 da tarde, Blogger Aluada said...

As interpretações são diferentes dependendo do estado de espírito e de quem as lê! Por isso é que as mensagens são tão multifacetadas.

 

Enviar um comentário

<< Home