quarta-feira, setembro 21, 2005

Autárquicas em Aveiro? - É obra...


Há já três semanas, que para me dirigir ao meu escritório em Aveiro, tenho primeiro de dar duas voltas pela cidade. As obras junto à estação de Aveiro são tantas e de tal modo intensas, que todos os dias vemos o trânsito mudar de sentido nas ruas mais próximas. Pena é que não mude também o rumo político desta cidade!

Feliz ou infelizmente, a rua do meu escritório fica mesmo junto à estação, e eu que tanto ambicionei ver concretizadas as obras da nova estação e as acessibilidades à mesma melhoradas, dou comigo agora a remoer: é sempre a mesma coisa, deixam tudo para a última da hora, a hora das eleições…

Equipas de 15 a 20 trabalhadores diários recuperam as calçadas, alinham passeios e acertam passadeiras desniveladas que há tanto tempo se reclamavam por aqui. Os muros cinzentos de tanta sujidade foram lavados e pintados de branco. Ficará ainda mais bonita a nossa cidade!

A Câmara Municipal, a de Aveiro, aquela que está no ranking das mais endividadas do país, parece que também à última da hora deverá ter arranjado, como que por milagre, subvenções tardias para obras. Sim, porque como é do conhecimento público, os credores de serviços anteriormente prestados, esses continuam sem receber o que lhes é de direito há meses, há anos…

Alberto Souto limpa desta forma a sua conduta na gestão autárquica, como se lavado também de branco pelos recentes investimentos, fizesse esquecer as menos valias dos gastos desmesuradas do seu último mandato.

E será que o conseguirá? Importa também lembrar a obra prometida que não se faz… Para quando o novo hospital? Para quando a retoma dos poderes institucionais prometidos, que foram transferidos e sedeados para a cidade de Coimbra? Para quando a finalização do projecto da Polis, do qual o tempo já se encarregou de deteriorar o contador?

E já agora, para além de nos aparecer por todo o lado nos cartazes, por onde andará “ao vivo” o mais forte candidato da oposição É…? Sim, como aparecia na primeira rodagem de cartazes, sim… É, de Élio Maia. Não basta espalhar cartazes, há que esclarecer os propósitos aos eleitores. Ou será que anda tão perturbado com as limpezas da cidade, que já não é capaz de alertar para o que tão sujo continua?

É pena que tudo gire à volta de mais do mesmo. A continuar assim É… nunca chegará a ser! E Alberto Souto sobreviverá das cinzas onde há muito se atolou.

(Para Democracia Liberal e Diário de Aveiro)



6 Comments:

At 8:23 da manhã, Blogger Pinto Ribeiro said...

bom dia SUSANA...infelizmente não tenho. nem acredito que haja por onde pegar neste país. eu, com estes candidatos, abstenho-me. são todos mais do mesmo.

 
At 1:58 da tarde, Blogger Diamantino said...

Dra Vamos andar de bicicleta, tambêm faz muito bem, aproveito para responder ao sr Pinto, não é tudo mais do mesmo, mas a maquina do sistema está bem montada, quem quizer fazer alguma coisa ,vai ter de passar por uma parede imensa de burocracia de instituições que não servem mais do que pesar o aparelho do estado. Para que serve a burocraccia? manter empregos de gentes inuteis.

 
At 4:16 da tarde, Blogger mfc said...

E já me disseram que várias empresas faliram por falta de pagamento a tempo dos dinheiros devidos!
Assim é fácil, não é Sr. Alberto Souto?!

 
At 1:41 da manhã, Anonymous júlia said...

ele não deve é querer ser encontrado,Susama !!

 
At 4:22 da manhã, Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info » » »

 
At 12:45 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work » » »

 

Enviar um comentário

<< Home