quarta-feira, abril 18, 2007

Uma Nova Direita para servir Aveiro

A nova Direita. Uma direita moderna e popular. A verdadeira direita, da Nova Democracia. Esta mesma, do Partido da Nova Democracia (PND), inaugurará no próximo dia 22 de Abril, pelas 12 horas, a sua Sede Distrital de Aveiro, sita na Rua Eng.º Von Haff, nº 61 – 1º A, na cidade de Aveiro (a 150 metros da Estação da CP, com frente para a Avenida Dr. Lourenço Peixinho), com a presença do Presidente do Partido Dr. Manuel Monteiro.
Mais do que uma Sede, a materialização da vontade, do esforço conjunto e da solidariedade, frutos de um trabalho continuado, sólido e persistente, que a Nova Democracia vem desenvolvendo no distrito de Aveiro, com o propósito de divulgar a sua ideologia de uma verdadeira Direita, aos aveirenses e aos portugueses. A direita moderna e popular, que não se revê em qualquer outro dos demais partidos existentes neste momento em Portugal. A direita livre e democrática, defensora dos valores, isenta de amarras ao poder instituído, que não se deixa comprar pela ganância, nem pelo “centrão político” para onde todos os outros se deixam arrastar.
A Nova Democracia, também por Aveiro, pretende impor-se com uma “nova atitude” e uma forma de fazer política, que a diferencie dos actuais partidos que por tantos vícios adquiridos do sistema, já não conseguem ter. A Nova Democracia é constituída por homens e mulheres livres, que não vivem da política, mas para a política, e este factor por si só, representa uma vontade não comparável à de todos os outros que fazem política a troco de cargos e compensações materiais que nós não temos na Nova Democracia.
A Nova Democracia vive da vontade de todos os que ainda acreditam que é possível mudar Portugal. A Nova Democracia vive da vontade de todos os que querem um futuro diferente deste presente e que ambicionam melhor para os seus filhos porque entendem que este rumo do país vai mal. A Nova Democracia pretende ser uma alternativa para o país e não uma mera alternância como se tem verificado ao longo dos últimos anos, por todos os que nos têm tão mal governado!
É pois, neste conjunto legítimo de ambições que a Nova Democracia de Aveiro apresenta aos aveirenses a sua nova Sede, na intenção que ela represente uma força viva da cidade e uma mais-valia para todos os que por bem, dela usufruam. Assim, nossa casa estará aberta a partir do próximo domingo, a todos que entendam vir ao nosso encontro.
Para além das reuniões e da organização distrital que a mesma nos permitirá, a Sede terá de constituir uma alavanca de dinamismo aberta ao exterior e de debate ideias sobre a política em Aveiro, no país e no mundo. Desta forma, estaremos abertos à população, todas as sextas-feiras à noite, para os nossos “Serões da Avenida”, que representarão o ponto de encontro das nossas alegrias, preocupações e propostas, que com todos queremos partilhar. Umas vezes, com convidados especiais da sociedade para matérias específicas, outras vezes connosco e convosco, cidadãos comuns, mas sempre com o propósito de debate e partilha de ideias sobre o que nos rodeia, para melhor podermos intervir e apresentar soluções.
Deixamos pois o apelo e o convite, faça algo diferente, venha ter connosco, esteja atento às nossas iniciativas, saia do seu sofá, desligue a Televisão e a Internet, vamos ouvir frente a frente as “nossas vozes”!
(publicado nas edições de hoje do Diário de Aveiro e do Democracia Liberal)

5 Comments:

At 8:52 da tarde, Blogger PintoRibeiro said...

E o País.
Boa noite e bjinho, Susana.

 
At 10:08 da tarde, Blogger Terra & Sal said...

Fico satisfeito pela novidade amiga Susana.
Finalmente esta “direita” que governa Aveiro vai ser reformada por invalidez e manifesta incapacidade, pelo que nos conta...
É bom que todos aqueles que apoiam a “direita” tenham outras alternativas, e pelos vistos, vocês já viram isso há muito tempo.
Prometo que, se fizer parte do próximo elenco, e concorrer à Câmara, fecho os olhos e voto em si, e acredite, arranjo-lhe mais uma dúzia de votos.
Beijinhos Susanainha e muitas felicidades.

 
At 10:38 da manhã, Blogger PintoRibeiro said...

Bom dia, bjinho.

 
At 5:49 da tarde, Blogger José Alberto Mostardinha said...

Olá Susana:

Em boa hora.
A democracia constrói-se com os partidos e são eles que devem ser os seus "guardiões".
Contra os profetas da desgraça, que a actividade do PND, ou de qualquer outro partido político, frutifique.

O Estados Gerais solicita o seu prezado comentário a assunto deveras preocupante.
Um abraço,

 
At 10:33 da manhã, Blogger Opintas/Bernardo said...

Bom fim de semana e um abraço.

 

Enviar um comentário

<< Home