sexta-feira, novembro 24, 2006

Estio entre as chuvas

Tanta chuva traz-me nostalgia. À memória assolam-me pensamentos penosos. A violência das torrentes fatiga e entristece.

Mas agora mesmo, o cinzento do céu clareou. A chuva parou. A acalmia do estio faz-me sentir a frescura dos passeios limpos. A pureza da terra lavada.

Encontro em mim uma força para continuar. Mesmo que chova daqui a pouco outra vez.

9 Comments:

At 12:59 da tarde, Blogger a rasar o ceu said...

sempre Su...


continua.....
e é bom encontra-te. sempre. mesmo que a chuva nos entristeça...logo logo passa....


tem de passar.


enorme abraço. a proteger-te....

 
At 12:59 da tarde, Blogger a rasar o ceu said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 2:13 da tarde, Blogger hfm said...

É de dentro que a temos de encarar para além dos momentos mais ou menos penosos; tal como olhamos essa bela fotografia.

 
At 6:11 da tarde, Blogger LA said...

Novidades sobre o Encontro de Blogues de Cinema e eleição dos Melhores Blogue de Cinema e de Cultura de 2006, em http://lauroantonioapresenta.blogspot.com/2006/11/blogues-de-cinema-o-melhor-de-2006.html. LA

 
At 2:46 da tarde, Blogger martim said...

a chuva rasa limpa, convidando à acção... bjo.

 
At 6:00 da tarde, Blogger pintoribeiro said...

Força Susana,. Bjinho.

 
At 8:26 da tarde, Blogger veritas said...

Olá!

Esta chuva também me deprimiu...sensação reforçada, porque hoje andei a dar uma volta e pude avaliar o efeito das cheias do rio Vouga.

 
At 8:27 da tarde, Blogger veritas said...

Bom fim-de-semana!

Bjos.

 
At 11:25 da tarde, Blogger José Alberto Mostardinha said...

Olá Susana:

Se fosse por vontade do homem "haveria sol na eira e chuva no nabal".
Um óptimo fim de semana, sempre com boa disposição,... faça chuva... ou faça sol.

Um abraço,

 

Enviar um comentário

<< Home