sexta-feira, maio 05, 2006

Marcha Atrás

Aveiro está parada. Esmagada pelo peso do desvario financeiro do passado, sem liderança política visível, sem projectos para o futuro.

A Câmara de Aveiro tem um passivo (180 milhões de euros) superior às congéneres de Coimbra (75,3), Viseu (30 milhões) e Guarda (41 milhões) juntos.
Depois de tudo o que se tem dito sobre o endividamento da autarquia ficámos a saber esta semana esta coisa extraordinária: com o PSD e o CDS na Câmara, o passivo, em vez de diminuir, aumentou! É obra. Tanto discurso, tanta preocupação, tanto chiqueiro por causa da herança de Alberto Souto e, afinal de contas, o problema agravou-se em vez de se atenuar.
Continue a ler, por Jorge Ferreira no Aveiro

3 Comments:

At 2:37 da manhã, Blogger Terra & Sal said...

Pois é Cara Susana:
A Câmara de Aveiro está endividada e qual é a que não está?

Lisboa como é?
Quantas vezes está acima de Aveiro mesmo em termos proporcionais?
E o Porto, sabe?
Quer que lhe cite outras que estão acima de Aveiro?

E em termos comparativos de Obra feita, alguma se pode comparar a Aveiro?

Coimbra efectivamente não é exemplo para ninguém, e Viseu que eu saiba nada de especial dali saíu.
Nem entendo a razão do seu endividamento, mas como disse todas andam "mal de vida".

Em Coimbra, o únco investimento de vulto que ali sobressaíu foi a famigerada Ponte.
Ultrapassou o orçamento inicial não sei quantas vezes, um descalabro.

Aqui, em Aveiro, mesmo endividando-se poupou-se muito dinheiro.
É que o rigor e a competência exigia que os "milhões" fossem bem gastos até ao último tostão.

Começava-se a obra, e sabia-se quanto ía custar no fim.
Cá nunca lhe constou nem houve "derrapagens" como era, e é, costume noutros lados.

É que em Aveiro na tal Câmara Socialista haviam cabecinhas a pensar, e a trabalhar escrupulosamente.

As pessoas que a compunham,eram comprovadamente competentes.
Cada um dos seus elementos, era escolhido a dedo, para as funções que íam desempenhar.

E mais, as suas capacidades não eram testadas no exercício das suas funções.
Todos sabíamos que elas há muito tinham sido demonstradas, nas Instituições ou Empresas onde trabalhavam, em que se foram afirmando e destacando, em cada ano que lá estiveram.

A Câmara Socialista não foi um maná para os filiados do partido, sabe bem que sim, ou desconhece isso?

Hoje como é?
Depois a Coligação estar a gastar mais proporcionalmente que a anterior Câmara não me aflige.
Vamos lá a ver o resultado que apresentam no fim.

Se criarem riqueza para os Aveirenses, não os vou condenar, Porque dívidas há uma eternidade para as pagar aos bancos.

E os nossos bancos têm muita liquidez, e arrasam-nos todos os anos com os seus chorudos lucros.

Saiba a Câmara negociar, e encontra ali bons financiadores que não se importam de esperar uma "eternidade" pelos pagamentos.
Não me interessa cofre vazio, desde que veja Obra feita.
Bjinhos Susana
Terra & Sal

 
At 11:30 da tarde, Anonymous PIMpolho said...

Fazer comparações com as derrapagens financeiras de outras autarquias, não me parece uma boa justificação, porque como aveirense quero, exijo, o melhor para a nossa cidade.
Sabe? Como diz o povo....com o mal dos outros podemos nós bem!
Quando diz que " dívidas há uma etrnidade para as pagar aos bancos"..pois é....assim é muito fácil ser-se Presidente/Vareador de uma câmara....faz-se a obra, sabe-se lá com quantas dificuldades para quem no terreno executou a tal obra, aparecem os discursos bonitos, e na próxima temporada de "caça ao voto", apresenta-se resultados, a tal obra feita.
Sabe que existem inúmeras PME's existem com problemas de liquidez por atrasos nos pagamentos por parte da camara?
Será ou não a câmara uma pessoa de bem? Quero acreditar que sim...por isso, haja seriedade por quem vai passando por lá.

 
At 6:33 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Your website has a useful information for beginners like me.
»

 

Enviar um comentário

<< Home